Eu, Tom e Lucia

Recomeçando mais uma vez

Já perdi a conta de quantas vezes já comecei e recomecei este blog. Devido a muitos problemas com o servidor, estava difícil conseguir colocar o blog no ar do jeito que eu queria. Acho que o tema do WordPress não estava lá muito bom. Mas agora que tudo parece estar certinho, gostaria de fazer aquele post introdutório pra mostrar como estão as coisas por aqui.

2014 foi o ano que decidi que tudo seria diferente na minha vida. Foi o ano em que simplesmente resolvi abandonar tudo para tentar algo novo. Eu não tinha a menor ideia do que ia fazer da vida, mas sabia que do jeito que estava não podia continuar. Eu tinha passado por assédio moral em uma das agências de publicidade onde trabalhei no Rio e depois passei por uma demissão super traumática. Algumas pessoas podem achar que isso é frescura minha, mas empatia nunca fez mal a ninguém.

Eu pensei em tentar Concurso Público, fazer outra faculdade, fazer uma pós-graduação. No fim eu comecei um blog em 2015, o Chofer de Madame. Só que nesse meio tempo eu comecei a namorar e engravidei. BOOM! E o meu namorado, americano, ia voltar pro país dele. MEU DEUS DO CÉU, O QUE EU VOU FAZER? Surtei, né, gente? E ele também.

Nós sabíamos que queríamos ficar junto, mas não tínhamos a menor ideia de como agir. Vamos casar? Calma, vamos ao Consulado primeiro pra saber como é a maneira mais fácil de você ir para os Estados Unidos.

O QUÊ? Ir pros Estados Unidos? Sim, gente, ué? Ele é americano, tava na perspectiva de conseguir um emprego. E foi isso que a gente fez.

Nos orientaram no Consulado a gente dar entrada no visto K1 (o visto de noiva, que eu falei no meu vídeo e vocês podem ver abaixo), porque era o mais rápido.


Enquanto isso, seguia a gravidez, a ansiedade e todas as inseguranças possíveis de uma pessoa que estava desempregada, grávida e na iminência de mudar de país. Não foi fácil, principalmente quando meu noivo – agora marido – teve que vir para os EUA no fim da minha gravidez, e eu fiquei lá 2 meses sem ele.

Tivemos a nossa princesinha no Brasil, pois o plano de saúde ia demorar a ficar pronto pra mim. Ele chegou no dia anterior do nascimento dela, deu tudo muito certo.

Eu, Tom e Lucia
A vida é muito louca, né? No fim, tudo deu certo e eu cheguei aqui nos EUA dia 21 de fevereiro de 2016. Vou contar um pouco pra vocês como tem sido essa loucura toda. Fico feliz de voltar a postar aqui. Espero que vocês gostem das minhas histórias também!

Posts relacionados